CPF

Como saber se meu CPF está regular na Receita Federal?

Como saber se meu CPF está regular? Essa é uma pergunta que muitas pessoas se fazem quando vão fazer um empréstimo ou um financiamento.

O objetivo é saber se há pendências financeiras em seu nome. Tem o documento regular também é importante na hora de declarar Imposto de Renda.

Confira mais detalhes de como deixar seu CPF regular a seguir.

O consignado com a melhor taxa! Somente 1,09% a.m.

5 situações do CPF na Receita Federal

Dessa forma, segundo a Receita Federal, além do regular, existem outras cinco situações que podem classificar a situação do seu CPF. Por exemplo:

1. CPF suspenso. Acontece quando há algo de errado ou incompleto no cadastro do contribuinte, como nome, data de nascimento, nome da mãe ou Título Eleitoral, que pode acontecer caso você tenha deixado de votar e não regularizou a situação.

2. CPF cancelado. Quando, por exemplo, ocorre a perda ou roubo de documentos. Também acontece quando ocorre algum erro no processo cadastral, como a geração de um CPF repetido, por exemplo:

3. CPF nulo. Quando alguma fraude na inscrição é constatada.

4. CPF de titular falecido. Acontece com CPFs após o falecimento do contribuinte.

5. CPF pendente de regularização. Significa que o contribuinte deixou de entregar alguma declaração do Imposto de Renda em pelo menos uma ocasião nos últimos 5 anos.

Decole com
o consignado mais barato do Brasil!
Novo empréstimo com taxas a partir de 1,09% ao mês

Como saber se o CPF está regular?

Para consultar o CPF basta acessar o site da Receita Federal e preencher com o numéro do CPF e a data de nascimento.

Depois é só clicar em “Consultar”, logo depois o sistema vai mostrar a situação cadastral que se encontra seu CPF.

Quando o beneficiário receber algum alerta sobre problema relacionado com seu CPF deve consultar pelo site na seção Meu CPF no site da Receita ou baixando o aplicativo CPF Digital no seu celular.

Como regulizar o CPF?

O beneficiário pode usar o serviço de regularização pelo site ou aplicativo da Receita federal, que é totalmente gratuito. Já quem utilizar a rede conveniada – Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios ou cartórios – terá o custo de R$ 7.

Após a consulta da situação do CPF, é possível entender o que aconteceu. É preciso seguir os passos a passos de acordo com cada situação para regularizar. Confira:

CPF pendente de regularização – Significa que não entregou uma declaração do Imposto de Renda. Você deve conferir pelo portal e-CAC, para isso é necessário um conta Gov.Br.

Se ainda não possue uma conta no Gov.Br, veja aqui como fazer sua conta.

Após saber qual declaração está faltando você deve enviar pelo proprio portal e-CAC ou pelo aplicativo Meu Imposto de Renda.

CPF suspenso – Para regularizar será necessário acessar o site de serviços da Receita e preencher com as informações corretas.

Pode ser necessário o envio dos seus documentos para comprovar as informações.

CPF de titular falecido – Para regularizar será necessário agendar um atendimento em uma unidade da Receita Federal e apresentar seus documentos. Pode agendar no site.

CPF cancelado – Para regularizar será necessário agendar no site um atendimento em uma unidade da Receita Federal e apresentar seus documentos.

As alterações e regularizações de CPF levam em média 72 horas para serem atualizadas nos sistemas da Caixa Econômica Federal.

Já para fazer o pedido de regularização do CPF via site é preciso que o contribuinte seja maior de 16 anos ou tenha um representante legal, judicial ou procurador e esteja com a situação cadastral suspensa.

Saiba tudo sobre as regras da declaração do Imposto de Renda

Importante lembrar que o CPF é um banco de dados gerenciado pela Receita Federal. Não há idade mínima para a inscrição, recém-nascidos, por exemplo, podem ser inscritos.

CPF para empréstimo consignado

Ter o número do CPF regular também é necessário na hora de contratar seu consignado. Já que através dele que é feito a consulta de margem.

Mantenha seu CPF regularizado para que seus dados estejam ativos e seja possível fazer a contratação de forma segura.

Lembrando que para contratar empréstimo consignado não é necessário consulta no SPC e Serasa, apenas o benefício precisa estar ativo e ter margem consignável livre.

Conseguiu entender melhor sobre como regularizar seu CPF? Então, continue acompanhando o blog para mais informações do empréstimo conisgnado.

Ajude outras pessoas

Compartilhe com seus amigos que precisam de um empréstimo consignado seguro, descomplicado e 100% online, com taxas a partir de 1,09% a.m.

Cadastre agora