4 Tipos de Empréstimo que Você Precisa Conhecer Agora Mesmo

MEU TUDO, 2 de dezembro de 2019

São vários os motivos de endividamento, podemos citar alguns: dívidas, emergência relativas a saúde, compra de um bem, abertura de um negócio ou quaisquer outros imprevistos. Quando se encontram nessa situação pedir dinheiro emprestado é uma solução. Só que muitas delas têm o receio de adquirir mais uma dívida, por medo de não conseguir quitar e pelas altas taxas de juros.

Para evitar essa situação é preciso fazer um planejamento financeiro a fim de saber qual valor da prestação é possível de arcar mensalmente. Além disso, é necessário conhecer os tipos de empréstimos oferecidos no mercado e as taxas de juros.

Você está nessa situação? Então não se preocupe! Continue a leitura que vamos explicar as características dos principais empréstimos disponíveis no mercado.

  1. Empréstimo pessoal

Esse é o crédito mais comum e mais usado pelos brasileiros. Ele é bem simples de adquirir, basta procurar a instituição financeira de sua preferência, eles vão fazer uma avaliação das suas documentações e caso aprovado, o valor fica disponível em sua conta em 24 horas. Vale ressaltar que essa modalidade apresenta a taxa de juros muito alta.

  1. Empréstimo rotativo

Mais conhecido como cartão de crédito, esse tipo é quando você efetua o pagamento inferior ao valor total da fatura. Nesse momento, a pessoa está automaticamente pegando dinheiro emprestado do valor restante com a empresa emissora do cartão. Nas próximas faturas, essa quantia é cobrada. A sua principal vantagem é a facilidade para realizar o pagamento, mas os juros geralmente são abusivos.

  1. Empréstimo com garantia de imóvel

Conhecida como home equity ou hipoteca, esse crédito oferece até 50% do valor do seu imóvel com teto de R$ 2 milhões e aceita o próprio imóvel como garantia do pagamento.

Dessa forma, o prazo de pagamento é maior (até 15 anos), e a taxa de juros é bem menor (geralmente, 1,39% a.m.). Vale ressaltar que, se a pessoa atrasar muito para pagar a parcela, a instituição financeira pode pegar o imóvel para quitar a dívida.

  1. Empréstimo consignado

Essa modalidade é bem parecida com o crédito pessoal, pois o valor é disponibilizado na conta de preferência da pessoa e é utilizado como bem entender. Só que, para fazer é preciso que a empresa na qual o interessado trabalha seja credenciada a uma instituição financeira para realizar essa operação. Já os servidores, aposentados e pensionistas já podem contratá-lo.

Os maiores benefícios são que as parcelas são descontadas do seu pagamento mensal e, justamente por isso, a taxa de juros é baixa. Por isso que ele é conhecido como “empréstimo com desconto em folha”. Só que o valor da mensalidade tem o limite máximo de 30% referente ao salário ou benefício do solicitante.

Caso tenha o nome negativado, a opção recomendada é o empréstimo consignado, pois ele não faz a consulta aos órgãos de restrição. O mais importante é evitar pegar dinheiro emprestado com familiares e agiotas, pois a intenção é se livrar de problemas e não criar outro mais complexo.

Viu? São muitas as opções de empréstimos. Agora se você é servidor publico ou aposentado e pensionista do INSS faça uma simulação gratuitamente no nosso site! Além disso, pode entrar em contato conosco: um de nossos especialistas vai auxiliar a escolher a melhor opção.

Outras matérias que podem lhe interessar

Passo a passo: aprenda como fazer um orçamento familiar

Por MEU TUDO, 2 de dezembro de 2019. Continue lendo