Por causa de nós o Brasil de hoje é muito melhor!
Não queremos apenas prioridade em atendimento, merecemos mais RESPEITO na hora de fazer nosso consignado.

No MEU TUDO você tem:

TRANSPARÊNCIA: aqui você não tem surpresas, você analisa e vê todas as informações que precisa na hora de escolher o seu empréstimo consignado.

SEGURANÇA: Segurança de contratar realmente aquilo que escolheu. Segurança em saber que somos comprometidos com os seus dados e informações.

RESPEITO: aqui só oferecemos o melhor empréstimo que você pode ter!

Você que é aposentado ou pensionista beneficiário do INSS pode autorizar o desconto, no seu respectivo benefício, dos valores referentes ao pagamento de empréstimo pessoal e cartão de crédito concedidos por instituições financeiras, observados na Instrução Normativa nº 28, de 19 de maio 2008, desde que:

● Realizado com instituição financeira conveniada com o INSS;
● Contrato e autorização assinados previamente pelo beneficiário com a autorização de consignação assinada;
● A autorização seja dada de forma expressa, por escrito ou por meio eletrônico e em caráter irrevogável e irretratável.

No Caso do MEU TUDO todo o seu processo, contratos e autorizações, se dá por meio eletrônico: 100% digital.

Meus Juros

Atualmente, as taxas máximas são de 2,08% ao mês, para o empréstimo, e 3% ao mês, para o cartão consignado, conforme estabelecido na Portaria 1.959, de 8 de dezembro de 2017. O beneficiário deverá ficar atento, pois a taxa contempla todos os custos da operação de empréstimo ou cartão de crédito, ou seja, o custo efetivo.
https://www.inss.gov.br/emprestimo-consignado-inss-reduz-taxa-de-juros/

A nossa taxa média aplicada para você aposentado e pensionista do INSS é:
Para um novo empréstimo: 1,45% a.m.
Para uma Portabilidade: 1:49% a.m.

Sou um beneficiário do INSS novo – Bloqueio e desbloqueio
Pelas novas regras, os benefícios concedidos a partir de 01/04/2019 estarão bloqueados para a realização de empréstimos consignados até que haja autorização expressa por parte de seu titular ou representante legal. Após 90 dias a concessão do benefício você pode pedir o desbloqueio, caso você tenha interesse, e realizar um empréstimo consignado.
É possível, a qualquer tempo, bloquear seu benefício para empréstimos.
Quando houver transferência de benefício – TBM, por meio da Agência da Previdência Social – APS ou instituição financeira pagadora, o benefício também ficará bloqueado por 60 dias a contar da data da transferência.

Minha margem consignável
A margem consignável, que é o valor máximo da renda mensal da aposentadoria ou pensão por morte a ser comprometida para contratação do empréstimo. Os descontos não poderão exceder o limite de 35%, considerando que o somatório dos descontos e/ou retenções não exceda, no momento da contratação, após a dedução das consignações obrigatórias e voluntárias:
• até 30% (trinta por cento) para as operações de empréstimo pessoal; e
• até 5% (cinco por cento) para as operações de cartão de crédito.
É vedada a utilização da margem consignável de diferentes benefícios para cobertura de parcelas de um mesmo contrato.

Meu Empréstimo Consignado
Para contratação do se empréstimo pessoal devem ser observados os seguintes critérios:

• Número máximo de 9 contratos ativos;
• Número de prestações não poderá exceder a 72 parcelas mensais e sucessivas;
• É vedada a cobrança da Taxa de Abertura de Crédito (TAC), e quaisquer outras taxas administrativas;
• É vedado o estabelecimento de prazo de carência para o início do pagamento das parcelas.

De acordo com as normas previstas na Instrução Normativa as instituições financeiras deverão informar previamente ao titular do benefício, no ato da contratação de empréstimos, obrigatoriamente:

• Valor total financiado com e sem juros;
• Taxa efetiva mensal e anual de juros;
• Acréscimos remuneratórios, moratórios e tributários;
• Valor, número e periodicidade das prestações e;
• A soma total a pagar por empréstimo;
• Soma total a pagar com o empréstimo pessoal ou o limite máximo previsto para cartão de crédito;
• Data do início e fim do desconto;

Importante!
Benefícios que não podem ter empréstimo consignado:
• Pagos com base nas normas de acordos internacionais para beneficiários residentes no exterior;
• Pagos por intermédio de empresa convenente;
• Pensão alimentícia;
• Benefícios assistenciais:
– Renda mensal vitalícia por invalidez ou idade;
– Pensão mensal vitalícia do seringueiro; e
– Benefícios de Prestação Continuada – BPC (Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS).

Informações adicionais
1 – Caso o pagamento de benefícios seja na modalidade cartão magnético, o depósito deverá ser feito em conta corrente, na poupança da qual o beneficiário também seja titular ou por meio de ordem de pagamento depositada preferencialmente na agência ou banco em que o segurado recebe do INSS. O depósito não poderá ser efetuado em conta de terceiros.

2 – As instituições financeiras devem emitir, em 5 dias úteis, boleto ou documento de pagamento detalhado, quando o beneficiário quiser quitar antecipadamente suas operações de empréstimo ou com cartão de crédito. O boleto ou documento de pagamento informará o valor total do empréstimo, o desconto para o pagamento antecipado e o valor líquido a pagar. A instituição financeira terá esse mesmo prazo para excluir o lançamento de desconto no benefício.

3 – O beneficiário não está obrigado a obter empréstimo no banco em que recebe o pagamento, podendo optar pela instituição financeira que oferece menor taxa de juros. Mas para garantir a segurança da operação, o valor do empréstimo terá que ser creditado diretamente na conta em que a pessoa recebe o benefício.
4 – Também para evitar irregularidades, os empréstimos e cartão de crédito deverão, obrigatoriamente, serem contratados no Estado em que o aposentado ou pensionista reside e recebe o benefício. Assim, não é possível para os bancos fazerem operações com beneficiários de outros estados.

O Portal Meu INSS

O portal Meu INSS é uma ferramenta digital para facilitar a sua vida como aposentado e pensionista, permitindo a você fazer agendamentos, solicitar benefícios, serviços e realizar consultas. Você acessa e acompanha todas as informações da sua vida de trabalho como dados sobre contribuições, empregadores e períodos.
Veja alguns serviços do Meu INSS :
Extrato previdenciário (Cadastro Nacional de Informações Sociais – CNIS);
Extrato de pagamento de benefícios;
Extrato para imposto de renda;
Carta de concessão;
Consulta declaração de benefício.

Para fazer o cadastro no Meu INSS, é preciso CPF, nome completo, data e local de nascimento e nome da mãe para gerar um código de acesso provisório. Depois, o segurado deve fazer login, com a senha provisória. Logo em seguida, aparecerá mensagem para que o cidadão crie sua própria senha, que deve ser: alfanumérica, (Exemplo: Seguranca1).

Porque pedimos a senha do Meu INSS?

Primeiramente é importante ressaltar que o portal Meu INSS é uma central de consultas, isto é, não é possível realizar movimentações financeiras, alterar conta de recebimento do seu benefício ou realizar qualquer ação que possa vir a prejudicar o beneficiário do INSS.
O MEU TUDO possui a necessidade de integrar com a Central de serviços do Meu INSS para podermos acessar todas as informações necessárias para que você consiga simular e contratar empréstimos utilizando sua margem disponível, refinanciar seus empréstimos atuais, realizar uma portabilidade do seu empréstimo e fazer o pedido do seu cartão de crédito consignado. Essas informações estão contidas em um dos serviços do portal Meu INSS chamado Extrato de Empréstimo Consignado.

Extrato de Empréstimo Consignado
Por meio desse extrato é possível ao segurado conferir todo histórico de créditos consignados realizado com desconto no benefício previdenciário, além de outras informações como a margem da consignação atual, valores de parcela e prazo.

NÃO ESQUEÇA
A integração com o portal Meu INSS é 100% digital, e é realizada somente em uma das etapas do seu cadastro no aplicativo MEU TUDO. Você precisa apenas colocar a sua senha do portal Meu INSS para que você possa usufruir de todos os nossos serviços, com segurança e performance. É importante também deixar claro que não guardamos a sua senha e suas informações, e por isso é necessário você disponibilizar sua senha do Meu INSS sempre que desejar utilizar os nossos serviços. Isso é para a sua segurança e a dos seus dados.
A integração com o portal Meu INSS pelo site é realizada através do envio do arquivo PDF Extrato de Empréstimo Consignado.

Fique atento!

1 – Hoje em dia mais de 60% dos empréstimos consignados contratados por aposentados e pensionista no Brasil é realizado por intermédio de correspondentes bancários, e 35% de todas as reclamações contra Bancos no Banco Central advém dessa intermediação. Assédios, práticas de abordagens abusivas, fraudes, falta de transparência nas informações do empréstimo, venda de taxas de juros que não condizem com a verdade, enfim isso foi o que nos motivou a desenvolver o app MEU TUDO! Partimos do princípio que você é que tem a liberdade de saber que tipo de produto consignável cabe no seu bolso e é o melhor para sua saúde financeira, utilizando para isso um aplicativo: seguro, rápido, fácil e disponível sempre.

2 – A melhor forma de obter um empréstimo é através de soluções digitais, como o MEU TUDO, evitando procurar intermediários e pessoas que representam instituições financeiras que além de todos os problemas que citamos, ganha em média 25% do valor do seu empréstimo para prestar esse serviço, isto é, se você realizar um empréstimo de R$4.000,00 esse representante ganha em torno de R$1.000,00 para realizar esse serviço. Isso é um valor muito alto não acha? E o pior é que quem paga essa conta é você, pois esse valor está embutido na taxa de juros que você estará pagando no prazo que você escolheu.
Sempre compare as opções de crédito que estão a sua disposição, atentando principalmente o valor da parcela que você se comprometerá mensalmente até o fim do seu empréstimo. No MEU TUDO é assim, você simula o que quer, compara 9 Bancos e escolhe aquele que te oferece a melhor condição naquele momento. É fácil, seguro, rápido e mais barato!

3 – O INSS nunca entra em contato com o beneficiário por telefone para solicitar informações pessoais nem passa estas informações às instituições financeiras. Por isso antes de informar o número do seu benefício ou confirmar seus dados pessoais você deve pesquisar sobre qualquer empresa que lhe pedir essas informações antes de você fornece-las.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *