Protestar alguém no Serasa: veja como você pode fazer​

Protestar alguém no Serasa: Veja como você pode fazer

A princípio, protestar alguém no Serasa consiste na formalização de dívida (pessoa física ou jurídica) em cartório. Contudo, o  objetivo é de cobrar o débito e de também revestir legalmente o credor. Há um valor a ser pago para realizar a inclusão do Protesto, e esse valor depende do título que está sendo protestado e ainda da cidade e região onde o cartório fica localizado.

Para realizar esse procedimento de protestar alguém no Serasa, é necessário dirigir-se a um cartório de protesto de Títulos. No cartório, é emitido um instrumento de protesto, documento que constarão algumas informações que devem ser preenchidas.
Avaliado o documento de solicitação, logo após, o protesto do título já é realizado. Com isso, o credor poderá solicitar uma solução que compense o prejuízo que teve, como a busca e a apreensão de bens e os gastos envolvidos com os trâmites do processo.

Em conclusão, o protesto poderá fazer parte dos bancos de dados de órgãos protetores de crédito, visando obter maior segurança para empresas fornecedoras de créditos ou de concessão para financiamento de bens, como por exemplo: carro, casa e afins. Dessa forma, quanto mais protestos um cliente possuir, menor será a sua chance de ter, por exemplo, um pedido de empréstimo aprovado.

 

Simule, compare
e comprove.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *