bancos prontos para aumento de margem

Bancos estão prontos para o aumento da margem consignável

O consignado com a melhor taxa! Somente 1,09% a.m.

As instituições financeiras estão ansiosas pelo aumento de 5% na margem consignável e aguardam a liberação por parte do governo. Para receber esta medida é necessário algumas adequações nos processos, já que envolve três partes e elas precisam estar alinhadas para liberar o consignado.

Esta medida vem para ajudar os aposentados e pensionistas evitando que eles acabem seguindo para créditos mais caros. A boa notícia: é que o presidente da FEBRABAN afirmou que os bancos estão prontos para atender a recomendação do CNPS, anunciada no dia 31 de agosto.

Aumento da margem consignável INSS

Na última reunião do Conselho Nacional da Previdência, foi feita a recomendação do aumento da margem consignável de 35% para 40%. Agora a liberação depende do Presidente Jair Bolsonaro, o esperado é que ela ocorra nos próximos dias. A nova margem deve valer até 31 de dezembro de 2020.

Esta é uma medida financeira emergencial, mais um ato excepcional de proteção social  para minimizar os efeitos da pandemia da covid-19. A preocupação agora é livrar os aposentados e pensionistas do INSS do endividamento.

Leia também: Aumento de margem: saiba mais sobre a aprovação

Diante de todas as dificuldades enfrentadas pela maioria dos beneficiários do INSS, o aumento de 5% trará acesso a um crédito com taxas mais justas e adequadas. É por este motivo que o aumento é tão esperado. 

Para acelerar o processo, deve ser publicado uma Medida Provisória (MP) que ainda será considerada pelo Presidente Jair Bolsonaro. Como a recomendação para o aumento da margem INSS partiu do próprio Conselho do Instituto, o esperado é que seja aprovado muito em breve.

Quando o empréstimo consignado com a nova margem será liberado?

O aumento de 5% da margem consignável só passa a ter vigência após ser sancionado em lei, e ser publicado no Diário Oficial da União (DOU). Somente depois disso é que os aposentados e pensionistas vão poder usar o novo limite para empréstimo consignado.

Geralmente a margem consignável destes beneficiários do INSS é tomada por empréstimos, os 5% adicionais vem para ajudar a ter um novo crédito. Colaborando para aliviar as contas durante a crise.

O consignado com a melhor taxa! Somente 1,09% a.m.

Para ajudar na liberação do crédito consignado, os bancos estão em uma grande corrida para levar mais benefícios para este público. As propostas vêm sendo pré-digitadas e, assim que sancionada a nova margem, poderão ser efetivadas.

Para a liberação do dinheiro ocorrer sem problemas ela precisa passar pelo titular do benefício, instituição financeira e autorização do Dataprev – sistema interno do INSS. Correndo normalmente e havendo margem livre, o contrato é averbado. 

Leia também: O que significa refinanciamento averbado?

Lembramos que o dinheiro só é liberado para quem contratou o empréstimo consignado após a averbação do contrato. Ou seja, após ser aprovado pelo INSS e colocado em folha. Do pedido até a liberação do dinheiro o prazo médio é 2 a 16 dias úteis

Portanto, se há margem disponível, a proposta poderá ser efetivada sem problemas. Importante saber que não é possível fazer novos empréstimos se você já tiver 9 contratos em folha. Esta é uma determinação do próprio INSS. 

Liberação de crédito vai injetar dinheiro na economia

Como os beneficiários do INSS tiveram o 13º salário pago antecipadamente neste ano. O valor que já foi liberado pela Previdência Social, não estará disponível. Esse dinheiro é normalmente utilizado para cobrir despesas de início do ano.

Simule e compare
O MEU TUDO tem a menor taxa do ano inteiro! Sem pegadinha.

Então, esse acesso ao crédito mais barato vai ajudar com essas despesas. O acesso facilitado pode ajudar a injetar mais dinheiro na economia, nos últimos meses do ano. Vale lembrar que o empréstimo consignado é feito de forma opcional pelo beneficiário

Outras discussões ainda no Congresso Nacional

Além das muitas medidas já implementadas, ainda está em discussão o pagamento de um 14º salário emergencial para os beneficiários INSS. E também a suspensão por 120 dias do pagamento do consignado. Esses assuntos ainda aguardam aprovação no Congresso Nacional.

Leia também: Décimo quarto salário emergencial para aposentados e pensionistas

Aposentado ou pensionista do INSS e quer antecipar sua proposta com os 5%? Então, não perca tempo! Acesse ou baixe agora o MEU TUDO. Aproveite a oportunidade de fazer seu empréstimo consignado com a nova margem e ainda garantir as melhores condições do mercado.

Cadastre agora